Assuntos estratégicos de Segurança e Defesa

2637 - Outubro de 2021

Editorial
General
José Luiz Pinto Ramalho

Em 31 de outubro, teve início, em Glasgow, no Reino Unido, a COP 26 (Conferência das Partes), também designada por Cimeira do Clima, que decorrerá até 12 de novembro. Realizada sob a égide da UNFCCC (UN Framework Convention on Climate Change) e no seguimento da Cimeira da Terra de 1992, no Rio de Janeiro, tem reunido, anualmente, desde 1995 (à exceção de 2020, por razões da Pandemia) e procurado encontrar plataformas de entendimento no sentido de garantir que o limite do aumento de temperatura no Globo fique abaixo dos 2 graus célsius. [...]

O Futuro das Forças Armadas Portuguesas à Luz do Pensamento do General Loureiro dos Santos
General
António dos Santos Ramalho Eanes

Aceitei, de Luísa Meireles, a incumbência de falar de “Loureiro dos Santos e a reforma das Forças Armadas”, por duas razões fundamentais:

– Pela consciência que, de há muito, tenho da importância crescente que as Forças Armadas poderiam, e deveriam, ter na prossecução estratégica dos interesses permanentes dos Portugueses, no presente e no devir;

– Pela consciência que tenho, e surpresa que sinto, também, porque, apesar da evidência daquela tão importante circunstância, o poder político, em 47 anos, tantos são já os que nos distanciam de Abril, não conseguiu reformar o aparelho militar, apesar da generosa disponibilidade, do dedicado empenho, da reflexão cuidada e do saber profundo, bem demonstrados por prestigiados civis, e, em especial, como seria de esperar, por militares. [...]

Caso Antigo; Problemas Actuais
General
António Eduardo Queiroz Martins Barrento

Estranhar-se-á por certo que, pensando em problemas actuais, lembremos neste artigo um caso com mais de vinte anos. As razões porque o fazemos são o de esse caso nunca ter sido bem descrito e ali encontrarmos já alguns indícios e tendências que devem hoje merecer a nossa atenção. [...]

A Autonomia Estratégica da União Europeia: Independência ou complementaridade com a NATO
Tenente-coronel
Marco António Ferreira da Cruz

Uma parte significativa dos membros da União Europeia (UE) e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN)1 fazem parte das duas organizações (21 no total). Porém, as relações entre ambas têm conhecido, ao longo dos anos, momentos de crise e de crispação, resultado, em grande parte, dos diferendos que envolvem Estados-membros que não integram, em simultâneo, as duas organizações. São diversas as áreas geográficas onde essas tensões são mais visíveis, nomeadamente no diferendo (histórico) entre a Turquia e Grécia, a que se junta a questão do Chipre (Græger, 2016) e as disputas atuais no mediterrâneo oriental, relacionadas com o acesso a exploração de recurso energéticos, que opõe a Turquia à UE (Aydıntaşbaş, Barnes-Dacey, Bianco, Lovatt & Megerisi, 2020). [...]

Food Defense: um instrumento contra o terrorismo e a criminalidade no sector alimentar
Mestre
José Belmiro Alves

Aos estados cabe a função primordial de que todos os géneros alimentícios entram na cadeia alimentar prontos a serem consumidos em segurança pelos consumidores. Uma alimentação sã, de qualidade e variada. [...]

A influência do ensino militar na evolução da Matemática e da Estatística
Doutor
Filipe Papança

A arte da guerra desde os tempos mais remotos exerceu uma influência crucial sobre o desenvolvimento da Matemática, fornecendo o principal alimento de que se nutre esta ciência, a resolução de problemas, único aspecto que define um grande Matemático. [...]

O Brigadeiro português Madeira de Melo e sua época
Doutor
Franklin de Oliveira

O presente trabalho estuda o papel do Brigadeiro Inácio Luís Madeira de Melo durante os conflitos políticos e militares que marcaram a Independência do Brasil. A nossa investigação de personalidades portuguesas relacionadas com o Brasil não é nova. Há cerca de dez anos, publicávamos o livro Canal Conde dos Arcos: uma obra visionária no Período Joanista, discutindo a obra de engenharia política desenvolvida pelo nobre português Marcos de Noronha e Brito, em tempos de estadia da família real no Brasil. Já a escolha do Brigadeiro Madeira não surgiu do nada, mas de um contexto revolucionário na Europa que suscitou um protagonismo das forças armadas portuguesas, surgindo delas personagens em condições de expressar as vicissitudes de uma época que levou a que Portugal e Brasil nunca mais fossem os mesmos. [...]

Crónicas Bibliográficas

 

História da Liga Naval Portuguesa (1900-2020)

 

Contra-almirante Fernando David e Silva

Edição Revista de Marinha, 2021

 

Major-general
Manuel António Lourenço de Campos Almeida

Crónicas Bibliográficas

 

Uma Ilha dos Mares do Sul – Xefina Grande

 

Tenente-coronel de Artilharia João José de Sousa Cruz

 

 

Major-general
Adelino de Matos Coelho
Capa da Revista

Última revista publicada:

Nº 2643 - Abril de 2022

Avatar image
Capa da Revista

Assinaturas anuais

REVISTA MILITAR @ 2022
by CMG Armando Dias Correia