Nº 2563/2564 - Agosto/Setembro de 2015
Crónicas Militares Nacionais
Coronel
Nuno Miguel Pascoal Dias Pereira da Silva

Exercício “EUROPEAN AIR TRANSPORT TRAINING”

A Força Aérea Portuguesa constitui-se como entidade responsável pela condução do “European Air Transport Training” (EATT) que se realizou no período de 14 a 26 de junho de 2015, a partir da Base Aérea n.º 11, sediada em Beja, com missões também a decorrer no interior centro e norte de Portugal continental.

O EATT é um Exercício Multinacional de Aeronaves de Transporte Aéreo Tático que tem como finalidade qualificar as tripulações de aviões em cenários idênticos aos dos atuais teatros de operações, promovendo a interoperabilidade entre as forças participantes no âmbito do programa de desenvolvimento de Capacidades Militares coordenado pela Agência Europeia de Defesa. O programa integra dez estados membros da União Europeia, nomeadamente, a Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Lituânia, Holanda, Roménia, Suécia e o Reino Unido, e ainda Polónia e Estados Unidos da América como países observadores.

Forças da Brigada de Reação Rápida do Exército Português participaram no exercício atuando como Audiência Secundária de Treino, o que permitiu que se concretizasse no terreno a execução de missões e tarefas táticas que incluíram a posterior utilização de apoio aéreo.

 

Participação do Exército Português na efeméride relativa aos 250 anos do Terramoto de 1755

Os 260 anos do Terramoto de Lisboa de 1755 foram evocados pela Câmara Municipal de Lisboa que promoveu um programa com diversas atividades, visando a divulgação e sensibilização para os perigos, vulnerabilidades e riscos dos fenómenos sísmicos, bem como para as capacidades e meios para responder a circunstâncias dessa natureza.

 A efeméride incluiu uma demonstração de Capacidades de Proteção Civil, na Alameda D. Afonso Henriques, que teve lugar entre os dias 10 e 12 julho de 2015.

O Exército participou neste evento com Capacidades Militares do Regimento de Engenharia Nº 1 (RE1) que podem ter dupla utilização (militar e civil), tais como: equipamentos pesados de engenharia, demonstrando a capacidade de movimentação de terras, remoção de escombros e apropriação de itinerários; meios de abastecimento e purificação de água; meios de deteção, manuseamento e descontaminação biológica, química, e radiológica, da Companhia de Defesa Nuclear, Biológica e Química (CDefNBQ); e meios de demolição de emergência por métodos explosivos, remoção de obstáculos com detonações controladas, e acesso a áreas perigosas com veículos de controlo remoto do Grupo de Equipas Explosive Ordnance Disposal (GrEqEOD).

Destacaram-se, de entre os meios do RE1, a estação de purificação de água, que se encontrava a bombear e purificar água da fonte luminosa da Alameda D. Afonso Henriques, a Pá Carregadora de Rodas e o veículo de controlo remoto tEODor.

 

Visita do Presidente da República à Escola das Armas

O Presidente da República, Prof. Doutor Aníbal Cavaco Silva, acompanhado pelo Ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar-Branco, e pela Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, Drª. Berta Cabral, visitou, em 22 de julho de 2015, a Escola das Armas.

O Comandante da Escola das Armas, Coronel Tirocinado de Artilharia Luís António Morgado Baptista, efetuou uma apresentação dando a conhecer ao Presidente da República a atividade formativa desenvolvida pela Escola das Armas, bem como os diversos projetos de investigação em que se encontra envolvida.

Após a apresentação, foram visitadas diversas áreas da Escola das Armas, com especial destaque para a zona de instrução de combate em áreas edificadas e para o Hospital de Equinos, assim como a Companhia de Formação.

 

O Primeiro-ministro visitou o destacamento da Força Aérea na “Operação Indalo”, em Málaga

O Primeiro-ministro, Dr. Pedro Passos Coelho, visitou, no dia 30 de julho de 2015, o destacamento nacional que participou na “Operação Indalo”, no âmbito da Agência FRONTEX.

Durante a visita ao destacamento nacional, o Primeiro-ministro, acompanhado pelo ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar-Branco, e pela ministra da Administração Interna, Profª. Anabela Miranda Rodrigues, inteirou-se do balanço provisório da operação.

Durante a apresentação que a comitiva portuguesa recebeu foi realçado o papel da aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa que detetou, nas fronteiras marítimas a sul de Espanha, 146 embarcações com 672 refugiados a bordo, a maioria deles de nacionalidade marroquina, seguida da argelina. Para além da aeronave C295, este destacamento é constituído por 19 militares e uma aeronave C-295 da Esquadra 552 – “Elefantes”.

No final da visita, o Primeiro-ministro referiu que Portugal estava disponível para apoiar mais missões de patrulhamento das fronteiras externas da União Europeia, designadamente as relativas ao controlo da migração ilegal.

 

Portugal vai apresentar proposta para fundar um colégio militar em Luanda

A Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional (SEADN), Drª. Berta Cabral, encontrou-se em Luanda, no dia 25 de agosto de 2015, com o homólogo angolano para a Política de Defesa Nacional, Almirante Gaspar dos Santos Rufino, para debater temas da cooperação bilateral, nomeadamente nas áreas do ensino e da saúde militares e das indústrias da defesa.

 A comitiva portuguesa integrou os diretores-gerais de Política de Defesa Nacional e de Recursos da Defesa Nacional, respetivamente, Dr. Nuno Pinheiro Torres e Dr. Alberto Coelho, e os presidentes da Liga dos Combatentes e da idD-Plataforma das Indústrias de Defesa, respetivamente, Tenente-general Joaquim Chito Rodrigues e Eng.º Eduardo Neto Filipe.

Em relação ao ensino, a delegação portuguesa comprometeu-se, até final do ano, a efetuar uma proposta para a instalação de um colégio militar em Luanda.

Quanto à saúde militar, a SEADN anunciou que Portugal se comprometeu também a apresentar uma proposta para prestar assistência médica, no polo de Lisboa do Hospital das Forças Armadas (HFAR), a militares ou ex-militares angolanos.

 

Exército Português e a URAP assinam protocolo

O Ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar-Branco, no dia 1 de setembro de 2015, presidiu, à cerimónia de assinatura do protocolo “Do Heroísmo à Firmeza – percurso na memória da casa da PIDE no Porto, 1930-1974”, celebrado entre o Exército Português e a União dos Resistentes Anti-fascistas Portugueses (URAP). Neste espaço, funciona atualmente o Museu Militar do Porto, um dos órgãos de natureza cultural do Exército.

A URAP prevê disponibilizar um percurso expositivo e fontes documentais, nomeadamente, normas de serviços, entrevistas a presos políticos, registo geral dos presos, bibliografias com memórias e fotografias, desenvolvendo, em estreita colaboração com a direção do Museu Militar, a execução do projeto elaborado em 2009 pelo arquiteto Mário Mesquita, não colidindo com as exposições museológicas ali existentes.

 

Navio-Escola Sagres regressa a Lisboa

Após mais de três meses de missão, o Navio-Escola Sagres atracou, no dia 1 de setembro de 2015, na Base Naval Lisboa, depois de ter partido para a habitual viagem de instrução dos cadetes da Escola Naval. Durante a viagem o navio participou em diversos eventos, nomeadamente, no “Lafayette – Hermione Voyage 2015”, organizado pela Tall Ships America, e no “Sail Amsterdam 2015”, bem como nas comemorações dos 500 anos de existência do município das Lajes, na ilha das Flores, entre outros.

 

Catálogo Coletivo das Bibliotecas da Defesa

Está disponível para consulta dos interessados o Catálogo Coletivo das Bibliotecas da Defesa, na ligação abaixo indicada:

http://bibliotecas.defesa.pt/ipac20/ipac.jsp?profile=bdn&lang=por#focus

O acesso à Coleção da Revista Militar digitalizada passa a ser possível através da ligação:

http://bibliotecas.defesa.pt/ipac20/ipac.jsp?session=1W42504J2D693.675&limitbox_6=LOC01+%3D+BDE&menu=search&aspect=subtab260&npp=20&ipp=20&spp=20&profile=bde&ri=22&source=~!dglb&index=.GW&term=revista+militar&aspect=subtab260&x=0&y=0#focus

Gerar artigo em pdf
2015-11-04
713-716
226
16
REVISTA MILITAR @ 2017
by CMG Armando Dias Correia