Nº 2579 - Dezembro de 2016
Editorial
General
José Luiz Pinto Ramalho

Realizou-se, no passado dia 12 do mês de dezembro, a Assembleia Geral da Revista Militar, tendo como assuntos centrais: a sua situação editorial e financeira e a apresentação do programa de atividades para o próximo ano. Relativamente ao primeiro tema, mantém-se a dependência financeira dos montantes atribuídos, quer pelo Ministério da Defesa Nacional quer pelo EMGFA e os três ramos, assim como pelas assinaturas assumidas pela Guarda Nacional Republicana. No que toca à situação editorial, foi feito um esforço de sensibilização dos Sócios, no sentido de uma participação mais activa no que se refere ao envio de artigos para publicação.

Quanto ao programa de actividades a desenvolver, o mesmo enquadra-se, numa primeira linha, no realismo face aos recursos financeiros disponíveis e no empenhamento prioritário na publicação dos nove exemplares anuais. É também intenção da Direcção garantir a realização do tradicional Encontro, à semelhança do realizado este ano, procurando também alargar as parcerias que têm sido estabelecidas e encontrar um local que possa propiciar uma maior assistência e uma maior divulgação do evento e do tema tratado.

Está em estudo o Tema para o Encontro, tendo sido referido pelos participantes na Assembleia Geral que o mesmo deveria motivar a participação da sociedade civil e ter presente os desafios de uma sociedade moderna, cada vez mais comunicacional, em que a inovação marca a diferença e em que as Forças Armadas estão necessariamente presentes e, muitas vezes, têm sido motor e difusor dessa mesma inovação.

Durante o debate foi referida a necessidade de se completarem as vagas existentes no quantitativo dos Sócios efectivos estatutariamente definido, devendo ser cumprido o preceito, também estatutário, da colaboração prévia, através da publicação de artigos nas edições da Revista Militar.

A Direcção afirmou a sua disponibilidade para continuar a integrar projetos de investigação e estudo de temas, que aprofundem o conhecimento da História Militar e de personalidades relevantes do seu processo, assim como uma atitude atenta dos problemas das Forças Armadas, da evolução das doutrinas e dos desafios da conflitualidade moderna, em paralelo com a evolução da conjuntura estratégica internacional.

Temos sido também solicitados e manifestamos a disponibilidade da Revista Militar para facultar aos investigadores todo o nosso acervo bibliográfico, como aliás tem vindo a acontecer, e a recente digitalização de todos os números publicados, e a sua acessibilidade digital tem confirmado, pelos quantitativos de visitas verificados.

A Assembleia Geral congratulou-se e aprovou, um Voto de Felicitações ao Almirante Silva Ribeiro, Sócio efectivo da Revista Militar e membro da sua Direção, pela sua nomeação para Chefe do Estado-Maior da Armada e, também, igual voto ao Coronel de Artilharia Ribeiro Soares, igualmente Sócio efectivo, pelo seu trabalho de direção e coordenação da excelente obra já publicada pelo Exército, em diversos volumes, “Os Generais do Exército Português”.

Uma palavra final, para referir que estiveram presentes na Assembleia Geral, cerca de trinta por cento da totalidade dos Sócios, sendo desejável uma maior participação na vida associativa da nossa Revista, pois isso é indispensável à concretização dos objectivos estatutários.

Gerar artigo em pdf
2017-09-23
1109-1110
107
107
Avatar image

General

José Luiz Pinto Ramalho

Nasceu em Sintra, em 21 de Abril de 1947, e entrou na Academia Militar em 6 de Outubro de 1964. 

Em 17 de Dezembro de 2011, terminou o seu mandato de 3+2 anos como Chefe do Estado-Maior do Exército, passando à situação de Reserva.

Em 21 Abril de 2012 passou à situação de reforma.

Atualmente exerce as funções de presidente da Direção da Revista Militar.

REVISTA MILITAR @ 2017
by CMG Armando Dias Correia