Nº 2585/2586- Junho/Julho de 2017
Crónicas Militares Nacionais
Coronel
Nuno Miguel Pascoal Dias Pereira da Silva

O Presidente da República na receção à Força Nacional Destacada no Mali – MINUSMA

O Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, presidiu, no dia 31 de maio de 2017, na Base Aérea n.º 6 (BA6), no Montijo, à receção da Força Nacional Destacada (FND) no Mali – MINUSMA.

Na chegada à Unidade, o Presidente da República foi recebido por Alas de Cortesia na Porta de Armas e apresentaram-lhe cumprimentos o Ministro da Defesa Nacional, Prof. Doutor José Alberto Azeredo Lopes, o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, General Artur Pina Monteiro,
o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General Manuel Teixeira Rolo, o Chefe do Estado-Maior do Exército, General Frederico Rovisco Duarte,
o Comandante Aéreo, Tenente-general Joaquim Manuel Nunes Borrego, e o Comandante da Base Aérea Nº 6, Coronel Hélder da Silva Rebelo, tendo
seguido para a Esquadra 501, onde o Comandante de Destacamento, Tenente-coronel Navegador José da Silva Nogueira, efetuou uma apresentação sobre a missão FND MINUSMA.

No hangar da Esquadra 501, e perante a formatura com todos os militares que participaram na missão, o Comandante Supremo das Forças Armadas dirigiu-se aos militares que lhe entregaram, pelas mãos do Comandante de Força, a Bandeira Nacional e a Bandeira da Força Aérea.

 

O Presidente da República visitou a Base das Lajes

No decorrer da visita oficial aos Açores, o Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 2 de junho de 2017, visitou a Base Aérea n.º 4 (BA4), onde foi recebido pelo Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General Manuel Teixeira Rolo, e lhe foram prestadas Honras Militares com revista e desfile à Guarda de Honra.

Seguidamente, o Comandante da Zona Aérea do Açores, Brigadeiro-general Eduardo de Albuquerque Faria, fez uma apresentação sobre a BA4 e acompanhou o Presidente da República numa visita à Rádio Lajes que está a celebrar os seus 70 anos de emissões regulares.

 

Cerimónias das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, no Porto e no Brasil

O Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu, no dia 9 de junho de 2017, no Porto, Honras Militares prestadas por cadetes da Academia da Força Aérea e assistiu ao içar da Bandeira Nacional, enquanto a Banda da Força Aérea executava o Hino Nacional.

Esta cerimónia, que decorreu junto à estátua de Almeida Garrett, na Avenida dos Aliados, no Porto, assinalou o início das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que este ano se realizaram neste cidade, e posteriormente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, no Brasil. Após a cerimónia, o Presidente da República visitou as Atividades Militares Complementares dos três ramos das Forças Armadas presentes no local, com diversos pontos de informação e pontos de demonstração de atividades e equipamentos.

No dia 10 de junho, o Presidente da República presidiu, na foz do rio Douro, à Cerimónia Militar, na qual estiveram presentes unidades dos três ramos das Forças Armadas.

Na continuação das celebrações, no dia 11 de junho de 2017, o Presidente da República almoçou a bordo do NRP “Sagres”, atracado no Porto do Rio de Janeiro, no Brasil, onde foi recebido pelo Vice-chefe do Estado-Maior da Armada, Vice-almirante António Mendes Calado, e pelo Comandante do ­Navio, Capitão-de-fragata António Manuel Gonçalves.

Neste almoço comemorativo participaram o Primeiro-ministro, Dr. António Costa, o Ministro da Defesa Nacional, Prof. Doutor José Alberto Azeredo Lopes, o Ministro da Educação, Doutor Tiago Brandão Rodrigues, o Embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Dias Cabral, o Cônsul-geral no Rio de Janeiro, Jaime Van Zeller Leitão, o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, General Artur Pina Monteiro, o Secretário de Estado das Comu­nidades Portuguesas, José Luís Carneiro, os deputados da Assembleia da República dos Grupos Parlamentares do PS, PSD, BE, CDS-PP, e PCP, respetivamente, Carlos César, Carlos Páscoa Gonçalves, Jorge Campos, Telmo Correia e António Filipe, e o Presidente da Comissão Organizadora do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Prof. Doutor Manuel Sobrinho Simões.

 

Comemorações do Dia de Portugal no Afeganistão

Os militares portugueses em missão de serviço no Afeganistão comemoraram, no passado dia 10 de junho de 2017, o dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

No dia 9 de junho de 2017, realizou-se no Quartel General, Resolute ­Support Mission (RSM), em Cabul, a cerimónia de homenagem aos militares portugueses que fizeram o último sacrifício naquele teatro de operações. Esta cerimónia foi presidida pelo Comandante da RSM, General John W. Nicholson, e contou com a presença dos Representantes Militares Seniores de todas as Nações, militares e civis dos demais países representados no Afeganistão.

O Representante Militar Nacional para OTAN, efetuou uma breve alocução, onde recordou os dois militares que perderam a vida neste teatro de operações, o 1º Sargento de Infantaria “Cmd” Roma Pereira e o Soldado Pára-quedista Oliveira Pedrosa. Esta cerimónia contou com a presença dos militares do 5º Contingente Nacional da RSM e dos militares portugueses ao serviço das Nações Unidas no Afeganistão (UNAMA).

As comemorações do Dia de Portugal continuaram com a realização de uma cerimónia no Quartel de KHIA e contou com a presença de todos os militares portugueses destacados no Afeganistão e alguns civis portugueses que se encontram no Afeganistão ao serviço de outras organizações, promovendo assim o encontro da comunidade portuguesa.

 

Visita do Ministro da Defesa Nacional ao Iraque

O Ministro da Defesa Nacional, Prof. Doutor José Alberto Azeredo Lopes, terminou, no dia 27 de junho de 2017, uma visita à Força Nacional Destacada no Iraque. O Ministro da Defesa Nacional e respetiva comitiva visitaram, no dia anterior, o campo de Besmaya, próximo de Bagdade, onde se encontram os militares portugueses que integram a operação “Inherent Resolve”, no quadro da coligação multinacional anti-Daesh.

O Contingente Português é constituído por trinta e dois militares da Brigada de Intervenção. Destes, trinta encontram-se instalados na Base “Gran Capitán”, no campo de Besmayah, a desempenhar a sua missão na componente de treino e formação da operação, e dois como oficiais de ligação no “Comando das Forças Terrestres” da coligação em Bagdade e na Combined Task Force no Kuwait.

A Força Nacional Destacada tem treinado as Forças Armadas Iraquianas nas áreas de liderança, armamento, tiro e formação de formadores, com o objetivo de melhorar a capacidade do setor de segurança do país. A capacitação das forças, através do treino e da formação e da transmissão de táticas, técnicas e procedimentos, é um dos objetivos da missão com vista a desenvolver umas Forças Armadas do Iraque que operem de forma harmoniosa e unida com capacidade de sobrevivência em combate.

Portugal participa na Coligação desde maio de 2015. Os militares são rendidos a cada seis meses e a missão tem a duração de um ano, prorrogável por cinco.

Recentemente, a 25 de maio de 2017, os 28 aliados da OTAN decidiram que a organização se tornaria membro da coligação da qual já todos participam. A Coligação anti-Daesh foi criada em setembro de 2014. Atualmente, conta com 70 membros, incluindo a OTAN, a União Europeia e a Interpol, que uniram esforços para combater o Daesh no Iraque e na Síria, apoiar a estabilização e a restauração dos serviços públicos das áreas libertadas, fortalecer o Estado de Direito e o Setor de Segurança e combater o radicalismo islâmico do Daesh.

 

Gerar artigo em pdf
2017-11-23
611-615
107
106
REVISTA MILITAR @ 2018
by CMG Armando Dias Correia