Nº 2533/2534 - Fevereiro/Março de 2013
A Artilharia de Campanha Portuguesa no período contemporâneo

A Artilharia de Campanha Portuguesa no Período Contemporâneo – o seu contributo para a defesa nacional e a sua importância para a política externa portuguesa, desde o final das revoluções liberais até ao início da Grande Guerra

A Artilharia de Campanha Portuguesa no Período Contemporâneo – o seu contributo para a defesa nacional e a sua importância para a política externa portuguesa, desde o final das revoluções liberais até ao início da Grande Guerra, da autoria do Capitão de Artilharia Nuno Miguel dos Santos Rosa Calhaço, foi editado na sequência da tese do curso de Mestrado em História Militar, em 2009, organizado pela Academia Militar, em colaboração com a Universidade dos Açores.

O autor apresenta o seu estudo dividido em três capítulos, em cada um dos quais sintetiza o desenvolvimento e a organização da Artilharia de Campanha, respetivamente, no início do século XIX, durante a “regeneração” e no início do século XX. Em cada um dos contextos, o autor permite-nos observar os correspondentes objetivos nacionais de defesa do País, ao mesmo tempo que nos remete para as inerentes situações económicas e financeiras e para as necessidades de recurso a alianças internacionais e a apoios do estrangeiro.

Apoiado por um riquíssimo acervo bibliográfico de monografias, artigos, relatórios científicos e técnicos, legislação, regulamentos, ordens e correspondência militares, entre outra documentação, o presente estudo é, igualmente, muito bem sustentado com um vastíssimo conjunto de explicações, citações ou referências distribuído por 465 notas de rodapé, constituindo uma obra de referência para o estudo da História Militar contemporânea.

A Revista Militar felicita o autor pela publicação desta obra e agradece o volume que foi ofertado para a Biblioteca.

 

Major-general Adelino de Matos Coelho

Diretor-Gerente da Revista Militar

Major-general
Adelino de Matos Coelho
Gerar artigo em pdf
2013-06-09
243-244
1433
26
Avatar image

Major-general

Adelino de Matos Coelho

Habilitado com os Cursos de Infantaria, da Academia Militar, Geral de Comando e Estado-Maior e Superior de Comando e Direção, do Instituto de Altos Estudos Militares; possui outros Cursos de que se destacam o de Oficial de Informação Pública do Comando Aliado da Europa da OTAN (Bélgica), o Curso Militar de Direito Internacional dos Conflitos Armados, do Instituto de Direito Humanitário de Sanremo (Itália) e o Diploma de Pós-Graduação em Estudos Europeus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Ao longo da sua carreira, prestou serviço em várias Unidades e Órgãos do Exército, nomeadamente, no Regimento de Infantaria de nº 3, em Beja, que comandou, e no Estado-Maior do Exército, onde desempenhou o cargo de Chefe da Divisão de Pessoal. Além disso, também desempenhou carg

REVISTA MILITAR @ 2017
by CMG Armando Dias Correia