Nº 2536 - Maio de 2013
Crónicas Militares Nacionais
Coronel
Nuno Miguel Pascoal Dias Pereira da Silva

Nomeação da Secretária de Estado da Defesa Nacional

O Presidente da República, sob proposta do Primeiro-Ministro, nomeou a Dr.ª Berta Maria Correia de Almeida de Melo Cabral para o cargo de Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, substituindo o anterior titular, Dr. Paulo Frederico Agostinho Braga Lino, entretanto, exonerado, a seu pedido.

A Dr.ª Berta Cabral, que tomou posse do novo cargo em 22 de abril de 2013, é natural de Ponta Delgada, Açores, e licenciou-se em Finanças pelo Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa, em 1975. Do seu currículo, inserto no portal eletrónico do Governo, consta que iniciou a sua atividade profissional como Técnica Superior da Junta Nacional de Produtos Pecuários, no Ministério da Agricultura, em Lisboa, cidade onde permaneceu até 1980.

Assumiu as funções de Diretora Regional do Tesouro (na Secretaria Regional das Finanças do Governo Regional) dos Açores, em 1984, cargo que ocupou durante quatro anos. Em 1988 foi nomeada Directora Regional dos Transportes e Comunicações (na Secretaria Regional da Economia do Governo Regional) dos Açores e em 1991 assumiu as funções de Administradora da Empresa de Electricidade dos Açores. Em junho de 1994, assumiu a presidência do Conselho de Administração da SATA Air Açores, cargo que ocupou até 1995.

Integrou o Governo Regional dos Açores, ocupando a pasta de Secretária Regional das Finanças e Administração Pública. Em 2001 foi eleita Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, tendo sido reeleita em 2005.

 

A Força Aérea no combate aos incêndios florestais

O Ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, afirmou, em 18 de maio, que tem intenção de empenhar aviões da Força Aérea no combate aos incêndios, tendo já discutido esse cenário com o ministro da Administração Interna e com o Chefe de Estado-Maior da Força Aérea.

“É uma situação que já foi objeto de análise entre mim e o senhor ministro da Administração Interna, onde também esteve o senhor general CEMFA [Chefe do Estado-Maior da Força Aérea]. Temos todo o interesse em poder aproveitar realmente este equipamento [avião C-295] para essa valência”, salientou José Pedro Aguiar-Branco, na Base Aérea n.º 6 no Montijo.

A aeronave em questão “Demonstra que é uma mais-valia nas várias funções que pode desempenhar. Quer em missões de vigilância, de monitorização e de controlo, como a que tive a possibilidade de assistir, e que são muito importantes para a Força Aérea, para as Forças Armadas e até para a interoperabilidade conjunta que pode ter com outras forças de segurança”.

 

6º Contingente da FND ISAF

O primeiro grupo de 148 militares do 6º Contingente Nacional da ISAF, partiu, dia 30 de abril, pelas 19H30, do Aeródromo de Trânsito N.º1 (Figo Maduro), com destino ao Afeganistão, a bordo de uma aeronave A310.

Com a partida destes militares inicia-se a rotação dos efetivos que atualmente constituem a Força Nacional Destacada (FND) no Teatro de Operações do Afeganistão. Estes militares integram o 6º Contingente da FND ISAF, aprontado na Brigada de Intervenção e são comandados pelo Coronel Paulo Renato Faro Geada. O final da rotação da FND está previsto para o dia 11 de maio de 2013.

Gerar artigo em pdf
2013-10-30
545-546
1030
1
REVISTA MILITAR @ 2018
by CMG Armando Dias Correia