Nº 2448 - Janeiro de 2006
Crónicas Bibliográficas
 
CIÊNCIA & TÉCNICA NA REVISTA MILITAR
(1849-1910)
 
 
Esta obra do Sargento-Ajudante, Mestre, José Luís Assis, relativa ao contexto parcelar dos fascículos da Revista Militar do período de 1849 a 1910, o período do Movimento de Regeneração, constituiu a dissertação do seu curso de Mestrado realizado na Universidade de Évora, tendo-lhe a Revista Militar prestado oportunamente o apoio possível para a sua concretização, desde logo com a certeza de que a mesma viria a constituir excelente contributo para a difusão do seu conhecimento e para a sua expansão e, sem dúvida, mais uma orientação válida para o andamento da sua “História”, em elaboração, esta abrangente de todo o período da sua vivência entre a data da Fundação, 1 de Dezembro de 1848 e o termo do ano 2000.
 
Trata-se de trabalho profissional em cuidada edição da Editora Caleidoscópio, o qual constitui, de facto, esclarecido e pormenorizado repositório literário, histórico, científico e cultural, assente em ponderado e bem elaborado esquema, de alto interesse para o conhecimento daquele período da Revista, sendo de nele destacar, de imediato, as merecidas e laudatórias apreciações que lhe foram dedicadas, no pórtico “Leituras”, pela Prof Doutora Maria de Fátima Nunes e pelo Coronel Carlos Gomes Bessa e, no “Prefácio”, pelo Prof Doutor António Pedro Vicente, todas elas empenhadas no justo destaque dos vastos conhecimentos da Ciência e da Técnica que se englobam no seu contexto e, consequentemente, no do acervo articular dos fascículos correspondentes da Revista Militar. Reforça-se com tais apreciações o elevado interesse e o aplauso que a obra vai merecer certamente aos Sócios e Leitores da Revista e a todos os estudiosos que à sua matéria se dediquem.
 
Considerando tão-somente os grandes títulos do Sumário da obra, que são os da tese a que corresponde, o Autor começa por situar a Revista no seio da Imprensa Militar, caracteriza-a atentamente a seguir com o pormenor adequado, dedica-se depois às figuras dos seus 26 oficiais Fundadores e dos seus primeiros redactores e colaboradores desse período, no seu perfil profissional e no seu empenhamento em prol da publicação, e remata com análise cuidada e bem informada do real “contributo científico e técnico da Revista para o desenvolvimento e progresso do País” nos domínios de ciências e técnicas como a Veterinária, a Geodesia, o Telégrafo e os Caminhos de Ferro.
 
Deste modo, a Revista Militar, a sempre jovem e activa “Avozinha”, como a apelidou o, há muito ido Dr Augusto de Castro no seu Centenário, tendo em conta a sua elevada influência cultural e a sua antiguidade no seio de todas as publicações militares e civis, conta, a partir de agora, com obra literária cuidada e pormenorizada relativa ao período dos seus cinquenta e oito anos iniciais que a exalta e muito prestigia.
 
Merece, portanto, o Autor que nos congratulemos pelo esforço do seu proficiente empenhamento no acervo da Revista Militar e que aqui se transcreva, com vénia, citação do Coronel Gomes Bessa inserta no pórtico já referido: “É justo não apenas felicitar o Autor, mas, também, augurar-lhe e desejar-lhe novos êxitos na carreira universitária para a qual se sentiu vocacionado e sugerir que, na sua ascensão, prossiga o mesmo tema, que tão longe ainda está de ser investigado e devidamente avaliado do ponto de vista histórico, sociológico, ético e cientifico”... Ou seja, poderá acrescentar-se, de todos os pontos que têm hoje interesse para a organização, preparação e expressão das Forças Armadas e, considerando a sua característica de universalidade, de todos os domínios da Defesa Nacional.
Tenente-General José Lopes Alves
Sócio Efectivo da Revista Militar
Tenente-general
José Lopes Alves
Gerar artigo em pdf
2006-02-08
0-0
2431
28
Avatar image

Tenente-general

José Lopes Alves

Ex-Presidente da Direcção e Sócio-honorário da Revista Militar. Falecido em 30 de abril de 2018.

REVISTA MILITAR @ 2019
by CMG Armando Dias Correia