Nº 2541 - Outubro de 2013
NOTA DA DIREÇÃO
General
José Luiz Pinto Ramalho

Em 23 de novembro de 2009, na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), em Lisboa, foi outorgado o grau de Professor Doutor (Associado) ao Professor da Universidade, António Joaquim Viana de Almeida Tomé, após a defesa da sua Tese de Doutoramento sob o título “O Domínio Aeroespacial nas Manifestações de Poder; Efeitos nas Relações Internacionais” e cujo conteúdo se transcreve:

“O poder aeroespacial constitui fator crucial no estudo das transformações operadas nas relações internacionais; o que tem obrigado ao aprofundar e à redefinição conceptual da importância do poder aéreo e espacial quanto à condução da política do Estado e sua capacidade de prevenção do fenómeno Guerra. Da planetização das comunicações e da informação em tempo real, surgiu um Sistema Internacional único, materializado na ampliação dos instrumentos de coerção estratégica mundial de um poder aéreo de projeção global; e na redução dimensional do conjunto espaço-tempo. O dinamismo das forças transnacionais torna premente o estudo científico e a adoção de novos conceitos que possam atualizar as anteriores teorias clássicas centradas no Estado. A concretização da geoeconomia obrigou a novas reinterpretações geoestratégicas e geopolíticas, face às guerras de novo tipo e ao perfilar de novos poderes, com a formulação de paradigmas inovadores como a racionalpolitik (noopolitik), por os clássicos já não totalizarem o enquadramento conceptual da conjuntura. A consolidação das mais recentes estratégias aéreas e espaciais (os multiplicadores da força), ampliadas pelas nanotecnologias aeronáuticas, e a transposição para o Espaço do poder aéreo, materializam o poder aeroespacial como o instrumento político-militar mais poderoso ao serviço da supremacia das Potências nos complexos assuntos das Relações Internacionais”.

A Tese, aprovada com Distinção e Louvor, foi defendida perante um Júri composto por: Prof. Doutora Áurea do Carmo Adão, Professora Catedrática da Escola de Comunicação, Artes e Tecnologias da Informação (ECATI) da ULHT (Presidente), Prof. Doutor António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, Professor Catedrático convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (Arguente Externo), Prof. Doutor Manuel Serafim dos Santos Pinto, Professor Catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da ULHT (Arguente Interno), Prof. Doutor Narana Sinai Coissoró, Professor Catedrático da FCSH da ULHT (Orientador) e, como vogais, Prof. Doutor Manuel da Costa Leite, Professor Catedrático da ECATI da ULHT, Prof. Doutor António da Silva Mendes, Professor Catedrático da Faculdade de Economia e Gestão e Subdiretor da Escola de Ciências Aeronáuticas da ULHT e Prof. Doutor Filipe Pinto, Professor Catedrático da FCSH da ULHT.

A Revista Militar regista com muito agrado a distinção académica deste Sócio Efetivo, felicitando-o cordialmente.

 

 

General José Luís Pinto Ramalho

Presidente da Direção da Revista Militar

Gerar artigo em pdf
2014-02-23
799-800
1005
9
Avatar image

General

José Luiz Pinto Ramalho

Nasceu em Sintra, em 21 de Abril de 1947, e entrou na Academia Militar em 6 de Outubro de 1964. 

Em 17 de Dezembro de 2011, terminou o seu mandato de 3+2 anos como Chefe do Estado-Maior do Exército, passando à situação de Reserva.

Em 21 Abril de 2012 passou à situação de reforma.

Atualmente exerce as funções de presidente da Direção da Revista Militar.

REVISTA MILITAR @ 2019
by CMG Armando Dias Correia